terça-feira, 26 de maio de 2009

De volta

Uma brincadeira; verso ainda em trabalho. Me atrapalhei muito com o ritmo, mas, por enquanto, é o que é.

Hora das meninas

Calma, pedia Alice

Ana nada respeitava:

- cabe aos deuses a resposta?

na verdade, hora morta,

respondia Alice em prosa

Um dois três

o relógio anunciou

a paródia terminou:

Alice matou Ana

e aos céus não mais voltou

6 bocejos:

Ficas disse...

um dos
se não "o"

Anônimo disse...

Alice matou Ana...isso diz tanta coisa... Saudades querida..

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Madame disse...

Saudade das suas palavras.
:-*

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Laah disse...

poetisa nata!
adorei *-* ♥